fbpx
Escolha uma Página

Você já deve ter ouvido falar que o funil de vendas é uma das ferramentas mais importantes para um negócio. Mas, se você ainda não entendeu por que, vamos explicar neste artigo.

Estamos falando de uma estratégia utilizada pelas empresas para mapear os principais momentos do fluxo de aquisição de clientes. Pense no funil de vendas como um mapa do tesouro que deve ser seguido para atingir seus objetivos de negócios.

Estágios do funil de vendas

O funil representa os estágios que, idealmente, um potencial cliente passa para completar sua compra. Ou seja, é um mapa dos principais momentos pelos quais passa um consumidor e, em geral, é composto por três partes:

Topo do funil: etapa para gerar reconhecimento da empresa e atrair potenciais clientes.

Meio do funil: aumentar o valor percebido pelo cliente e transformar visitantes em leads.

Fundo do funil: fase para fechar a venda. 

O funil de vendas é uma forma gráfica de ilustrar como um cliente interage com uma empresa, começando com um grande número de interessados ​​até o grupo de clientes que realmente compram o produto ou serviço oferecido.

Para que serve o funil de vendas?

O funil de vendas é utilizado para prever e acompanhar o caminho que o potencial cliente percorrerá, desde o primeiro contato com a marca até a realização da compra.

Por meio dele é possível criar ações específicas para cada etapa da jornada, resolvendo os medos e objeções que o futuro comprador possa ter, dando-lhe as informações de que precisa e assim levando-o pela mão até a finalização da compra.

Quais são as vantagens de aplicar essa estratégia em seu negócio?

Conhecer e construir um funil para sua empresa pode ajudá-lo a atingir seus objetivos com mais facilidade. A seguir, conheça algumas das principais vantagens de aplicar o funil de vendas no seu negócio:

– Melhora a produtividade da sua empresa;

– Torna mais fácil identificar oportunidades;

– Você pode conhecer melhor seus clientes;

– Fornece informações valiosas para o desenvolvimento de novos produtos;

– Ajuda a atrair mais clientes.

5 passos de como criar um funil de vendas

1 – Defina o topo do seu funil

Nesta fase o cliente pode ou não estar familiarizado com sua marca ou com os benefícios de seus produtos. Nessa primeira etapa do funil de vendas, entram todas as primeiras interações do cliente com a marca, embora a empresa não deva citar o negócio como tal, essa estratégia visa atrair a atenção de um público maior.

Dentre as estratégias mais utilizadas nesta etapa para levar o cliente à próxima fase do funil de vendas, podemos citar:

– Postagens em redes sociais;

– Artigos de blog;

– Vídeos introdutórios sobre o problema do cliente.

2 – Estratégia de meio de funil

A parte intermediária do funil de vendas é o estágio em que os clientes em potencial identificam uma necessidade ou desejo de comprar um produto ou serviço. Eles podem já estar familiarizados com a sua marca, mas ainda não estão totalmente informados sobre os benefícios ou valor agregado do seu negócio.

Nesta parte do funil, os usuários fazem comparações entre duas ou três marcas que têm em mente. Portanto, procuram conteúdo que os ajude a tomar uma decisão. Seu trabalho nesta fase é fornecer a eles informações úteis que confirmem por que sua empresa pode resolver suas necessidades.

Algumas das estratégias usadas para esta fase do funil de vendas são:

– E-books e guias para download;

– Webinars educacionais ou lives;

– Blogs e infográficos;

– Vídeos informativos no estilo de “como usar…”

3 – Ações de fundo de funil

A parte de fundo do funil de vendas é a fase em que os clientes em potencial, depois de comparar e aprender mais sobre sua empresa, estão muito próximos de concluir a compra. Portanto, eles só precisam de um empurrão final para concluir o processo.

Existem diferentes estratégias que você pode aplicar nesta fase, como:

– Mencione os diferenciais do seu produto, o que o torna especial, atraente e único; 

– Ofereça cupons de desconto na primeira compra;

– Lance ofertas relâmpagos para gerar um senso de urgência;

– Compartilhe comentários de clientes satisfeitos, onde eles explicam como se sentem bem em relação à compra ou serviços prestados.

Veja também: O que é experiência do cliente? Como melhorar?